20 de out de 2010

A LitFan agradece

A literatura fantástica vive um momento único no cenário literário brasileiro. Que bom!

Sempre existiu LitFan no Brasil e autores incríveis que há muito tempo escrevem, discutem e buscam estabelecer a concretização desse projeto literário. A expansão do gênero literário fantástico parece viver o seu momento de realização. A imaginação, a fantasia, o terror, a ficção científica, os mundos e submundos inventados ou jamais sonhados  se estabelecem em nosso cenário literário.  Personagens sombrios, encantadores e criaturas raras nos encantam e assustam. Os nossos mitos se renovam e ganham espaço. A LitFan agradece.

A primeira vez que li essa expressão LitFan foi em uma entrevista de Henry Evaristo, saudoso e querido amigo e um escritor incrível. Henry não está mais conosco, mas é impossível deixar de lembrar dele nesse momento: com saudade e pensando em como ele estaria feliz com essa realidade. A LitFan brasileira está finalmente comprovando a que veio.

Nesse caminho de renovação e valorização da literatura fantástica, editoras incríveis, selos e várias outras propostas estão movimentando-se para a concretização de um sonho. A internet é um dos eixos desse crescimento, assim como livros a preços mais acessiveis, ferramentas como o twitter e orkut, blogs e e-books  que fortalecem os laços e discussões entre autores, leitores e editoras.

Estamos em crescimento, experimentação, hora de errar e acertar...    De melhorar, de estudar, aperfeiçoar e principalmente, ler mais o que se escreve. Momento também de atenção, de escolhas no que se refere a ler, escrever e publicar. Há certo tempo, eu jamais estaria escrevendo um texto como este, em um blog meu para ser lido por quem quiser ou por acaso, cair aqui nessa página, seria talvez uma opinião compartilhada entre poucos amigos, mas a palavra, hoje, mais do nunca, está acessível, assim como o conhecimento. 

Eu escrevo, alguns vão ler, outros não, talvez esse texto se perca no universo de outros textos virtuais. Assim como os poemas, contos, romances e novelas que surgem cotidianamente na internet. Isso é bom? É ruim? Não sei, não importa tanto. Este espaço que compartilho com leitores ocasionais vai continuar com as resenhas sobre os livros que eu gosto e acredito que merecem ser divulgados, com contos e poemas que nascem e vou lapidando.,. com a divulgação do trabalho de todas essas pessoas  ligadas a LitFan... depois, depois não sei.

Estou feliz por ler textos de qualidade em blogs diversos, por poder conhecer pessoas, ainda que virtualmente, de várias partes do Brasil interessadas em uma literatura nacional de qualidade, sem ranços e pronta para se estabeler definitivamente.  Por ter editoras e sites promovendo a LitFan nacional, dando oportunidade a autores e por ter, ainda que virtualmente, contato com escritores que admiro e cujas palavras me fazem gostar ainda mais de literatura.

De fato, a LitFan agradece.
Eu, aprendiz de escritora e principalmente leitora, agradeço também.

Nenhum comentário:

Seguidores

 

© 2009À LitFan | by TNB